HOME / Projeto Odonto Lacay: uma realização construída a muitas mãos

Projeto Odonto Lacay: uma realização construída a muitas mãos

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

TAGS:

O consultório dentário da Casa Emilien Lacay, unidade da Cruzada em Jacarepaguá, foi montado a partir de uma iniciativa solidária do cirurgião dentista Carlos Rothier. A manutenção depende do engajamento de voluntários, empresas parceiras e da gestão da Cruzada, que colaboram em rede para garantir assistência odontológica para as 200 crianças da Casa. O desafio é expandir o serviço aos idosos, funcionários e familiares atendidos e, para isso, é necessário inspirar mais dentistas voluntários a participarem desse projeto com alto impacto de transformação numa das mais respeitadas instituições cariocas.
Em uma iniciativa pessoal, Carlos Rothier, cirurgião dentista, em sua festa de aniversário no ano de 2012, pediu aos amigos que, em vez de lhe trazerem presentes, colaborassem para colocar em prática sua ideia para a realização de um projeto social. Inicialmente, sua ideia era construir e equipar um consultório dentário itinerante, dentro de um container, para a prestação de serviços comunitários em territórios populares na cidade do Rio de Janeiro.
O resultado da participação superou todas as expectativas e, ao final da festa, ele já havia angariado entre seus amigos todos os recursos que necessitava para viabilizar o projeto. Naquele momento, ele era um homem com um plano e com os recursos nas mãos porém, faltava-lhe tempo para operacionalizar e colocar no projeto na rua.
– A ideia inicial era montar o consultório no container, levá-lo em caminhões munck e oferecer atendimento odontológico em diferentes áreas da cidade, de forma itinerante. No entanto, percebi que eu não teria tempo de fazer toda a logística e gestão e acabei ficando com o projeto parado por um tempo – conta o dentista.
Foi numa visita à sua cliente Harilda Larragoiti que ele conheceu Angela Brant, coordenadora de mobilização e projetos especiais da Cruzada, e contou a ela sobre o seu projeto. Após fazer visitas à Casa Emilien Lacay e conhecer pessoalmente o trabalho realizado pela instituição, Carlos teve certeza que o seu projeto teria um grande aproveitamento e um relevante impacto social sob a gestão da Cruzada.

rotier-1
O container dentro do qual foi montado o consultório, instalado no jardim da Casa, recebeu um trabalho de graffiti do artista Pandro Nobã, parceiro da Cruzada. A atividade foi acompanhada com muita curiosidade pelas crianças.
– Eu gosto muito de trabalhar com crianças. Nessa ocasião, pude ter contato com elas e, apesar de serem muito pequenas, era possível conversar enquanto me assistiam a fazer o graffiti. Elas ficaram super empolgadas. Além disso, esse trabalho foi especial para desconstruir o significado de um consultório dentário para as crianças; além de levar cor para o container, ajudou tirar aquele “clima de medo” que a ideia do dentista traz para o imaginário das pessoas – recorda Pandro.
O consultório foi inaugurado no dia 20 de maio desse ano, quando teve início o atendimento às crianças. Os atendimentos começaram pela turma dos mais velhos, que estão no seu último ano na Lacay, e seguirá até chegar aos mais novos, fazendo com que todas as crianças tenham a oportunidade de ser atendidas.
– O Tauê levou um tombo e quebrou dois dentes da frente quando tinha 1 ano e meio de idade, há quase 3 anos. Desde então já estive no dentista do posto de saúde seis vezes para tentar arrumar, mas eles diziam que não era necessário porque eram dentes de leite. O problema é que o Tauê gosta de rir e tirar fotos mas, como os dentinhos escureceram, ele tinha vergonha. Quando os dentistas chegaram na Lacay eu corri para pedir que ele fosse atendido e a turma dele foi umas das primeiras. Eles restauraram os dentes dele, que voltaram a ficar branquinhos, e ainda fizeram uma obturação numa cárie que encontraram num dente de trás – relata Eliane Martins, mãe do Tauê e do Iago.
O acompanhamento das crianças é feito através de odontogramas individuais, o que possibilitará a realização de estatísticas e acompanhamento da evolução dos pacientes.
– Lá é muito organizado, o espaço é muito legal, e o container com o consultório foi instalado bem embaixo de umas árvores, o lugar tem um astral muito bom. É um prazer atender na Lacay – conta Carlos.
O próximo passo será estender o serviço para os idosos e, posteriormente, para os funcionários e familiares da comunidade atendida. Segundo a coordenadora da Lacay, Márcia Bogéa, o objetivo inicial é atender as 200 crianças da casa, fazendo seu diagnóstico e separando aquelas que precisam de tratamento das que necessitam apenas de profilaxia.
– A vontade de crescer é enorme, mas precisamos avançar com cautela, respeitando a capacidade de atendimento do consultório e administrando as expectativas. Hoje ainda não temos dentistas voluntários suficientes para atender essa demanda. Mas chegaremos lá, não tenho dúvida – diz a coordenadora pedagógica.
Além de todas as contribuições mobilizadas pelo doutor Rothier em sua festa de aniversário, há outras colaborações fundamentais para a manutenção do projeto, como a parceria da DFL Produtos Odontológicos, que repõe periodicamente os materiais de uso e consumo do consultório, além dos assistentes pessoais dos dentistas, que os acompanham nos atendimentos, também de forma voluntária.
A expansão do corpo de voluntários para esse projeto é um dos desafios da Casa Emilien Lacay este ano. Hoje, quem atende mensalmente e sem dias marcados no projeto Odonto Lacay são o próprio dr. Rothier, sua filha, Paula Rothier e o dr. Paulo Reis. Além deles, a partir do dia 12 de setembro, o dr. Rodrigo Costa, da MEDSERVICE (Associação Multidisciplinar de Trabalhadores do Setor de Saúde), iniciou atendimento semanal, que acontecerá sempre às segundas-feiras.
– O ideal é que tenhamos 20 dentistas voluntários. Se cada um puder se comprometer em comparecer apenas um dia por mês, poderemos atender diariamente, além de acelerar o atendimento das crianças e ampliar o serviço para os demais públicos – afirma o doutor Carlos Rothier.

Compartilhar:

DEIXE SEU COMENTÁRIO

comments

LEIA TAMBÉM